Entre a Declaração Universal dos Direitos Humanos e os novos fluxos migratórios

: um resgate da humanidade perdida

  • Gustavo do Vale Rocha
  • Natalia Vilar Ribeiro
  • Christianne Dias Ferreira
Palavras-chave: Direitos Humanos. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Migração. Refugiados

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar aspectos atuais no Brasil e no mundo a respeito dos fluxos migratórios e do desenvolvimento de uma política internacional de Direitos Humanos. Intenta-se, antes de tudo, resgatar a humanidade e, consequentemente, os direitos dos imigrantes, as características
do atual e intenso fluxo migratório proveniente da Venezuela para o Brasil e as estratégias que o governo brasileiro traçou para acolhê-lo. Assim, este artigo trata, principalmente, das pessoas por trás dos números
e das porcentagens que aparecem em relatórios e jornais, ressaltando que estas são titulares de Direitos Humanos Universais independentemente de nacionalidade, cor, gênero ou religião.

Referências

A CRISE NA SÍRIA, EXPLICADA. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 13 de abril de 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2018.

AGAMBEN, Giorgio. O soberano e a vida nua I. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2010.

ALVES, José Augusto Lindgren. Os Direitos Humanos na Pós-Modernidade. São Paulo: Perspectiva, 2005.

ARENDT, Hannah. A condição humana. 10 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

BAUMAN. Zygmunt. Estranhos à nossa porta. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Diário Oficial da União. Brasília, 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm>. Acesso em 12 set. 2018.

______. Decreto no 9.285, de 15 de fevereiro de 2018. Diário Oficial da União. Brasília, 2018A. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Decreto no 9286, de 15 de fevereiro de 2018. Diário Oficial da União. Brasília, 2018b. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Lei nº 6.815, de 19 de agosto de 1980. Diário Oficial da União. Brasília, 1980. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Lei nº 9.474, de 22 de junho de 1997. Diário Oficial da União. Brasília, 1997. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017. Diário Oficial da União. Brasília, 2017. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Medida Provisória no 820, de 15 de fevereiro de 2018. Diário Oficial da União. Brasília, 2018c. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

______. Medida Provisória no 823, de 9 de março de 2018. Diário Oficial da União. Brasília, 2018d. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2018.

CASTLES, Stephen; HAAS, Hein; MILLER, Mark. J. The Age of Migration: International Population Movements in the Modern World. 5. ed. New York: Palgrave Macmillan, 2014.

CAVALCANTI, Leonardo; OLIVEIRA, Antônio Tadeu de; ARAÚJO, Dina. A inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro. Relatório anual 2016. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério do Trabalho/Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração. Brasília, DF: OBMigra, 2016.

FARAH. Paulo Daniel. Combates à xenofobia, ao racismo e à intolerância. Revista USP, São Paulo, n. 114, jul./set., 2017, p. 11-30. Disponível em: < http://jornal.usp.br/wp-content/uploads/1-Paulo-Daniel-Farah.pdf>. Acesso em: 15 jun. 2018.

GIRARD, René. O bode expiatório. São Paulo: Paulus, 2004.

GUERRA, Sidney. A Nova Lei de Migração no Brasil: Avanços e Melhorias no Campo dos Direitos Humanos. Revista de Direito da Cidade, vol. 09, n. 4, 2017. p. 1717-1737. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

JARDIM, Tarciso Dal Maso. A lei migratória e a inovação de paradigmas. Cadernos de debates refúgio, migrações e cidadania. Brasília: Instituto Migrações e Direitos Humanos, v.12, n.12, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2018.

LAFER, Celso. A reconstrução dos Direitos Humanos: um diálogo com o pensamento de Hannh Arendt. São Paulo: Cia das Letras, 1988.

MOREIRA, Julia Bertino. A Problemática dos Refugiados na América Latina e no Brasil. Cadernos PROLAM/USP, ano 4. vol. 2. 2005. p. 57-76. Disponível em: . Acesso em: 18 jun. 2018.

OIM. ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL PARA MIGRAÇÕES. Monitoramento do fluxo migratório venezuelano. Relatório. 2018. Disponível em: < http://www.casacivil.gov.br/operacao-acolhida/documentos/estudo-oim-onu-monitoramento-do-fluxo-migratorio-venezuelano/view >. Acesso em: 16 jul. 2018.

ONU. Organização das Nações Unidas. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Paris, 10 de dezembro de 1948. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2018.

POLÍCIA FEDERAL. Migração Venezuelana em Roraima. Relatório. Brasília, [2018]. Disponível em: http://www.casacivil.gov.br/operacao-acolhida/documentos/prf_migracao-em-roraima-atualizado-em-26_06_2018/view>. Acesso em: 15 jul. 2018.

RAMOS, André de Carvalho. Curso de Direitos Humanos. 5 ed. São Paulo: Saraiva, 2018.

SIMÕES, Gustavo da Frota Simões (Org.). Perfil sociodemográfico e laboral da imigração venezuelana no Brasil. Curitiba: CRV, 2017.

SNJ. Refúgio em números. Relatório. 3. e. Brasília, [2018]. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

UNHCR. United Nations High Commissioner for Refugees. Global Trends: Forced Displacement in 2016. Geneve: UNHCR, 19 june 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

UNHCR. United Nations High Commissioner for Refugees. Global Trends: Forced Displacement in 2017. Geneve: UNHCR, jun. 2018. Disponível em: . Acesso em: 18 de agosto de 2018.

REACH. Panorama Humanitário Mensal: Refugiados e migrantes venezuelanos vivendo fora dos abrigos, Boa Vista. Relatório. June 2018. Disponível em: . Acesso em: 23 ago. 2018.
Publicado
2018-11-23
Como Citar
Rocha, G., Ribeiro, N., & Ferreira, C. (2018). Entre a Declaração Universal dos Direitos Humanos e os novos fluxos migratórios. Revista Científica De Direitos Humanos, 1(1), 11 a 34. Recuperado de https://revistadh.mdh.gov.br/index.php/RCDH/article/view/30